Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma flor de cada vez

Um, dois, três, uma flor de cada vez. Quatro, cinco, seis, era uma história de reis e rainhas.

Uma flor de cada vez

Um, dois, três, uma flor de cada vez. Quatro, cinco, seis, era uma história de reis e rainhas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

08
Dez18

Já palpou os seus testículos hoje?

Eli

Sim, adivinharam bem, neste post vamos falar sobre testículos e sobre a prevenção do cancro testicular. Preparados? 

 

feeling_nuts_testículos.jpg

Fonte: Curta metragem Ant and Dec are #Feelingnuts

 

 

Testículos: gónada masculina, órgão onde são produzidos os gâmetas masculinos. Simplificando o palavreado: os testículos são os órgãos sexuais masculinos onde são produzidos os espermatozóides.

 

testiculo_anatomia_blog_umaflordecadavez.jpg

Fonte: Google images

 

espermatozoide_anatomia.png

Fonte: www.drguilhermeleme.com.br

 

Se bem se lembram Novembro foi o mês dedicado à saúde masculina e o mês em que vos falei sobre a iniciativa Movember. Esta iniciativa pretende sensibilizar a opinião pública para a importância da prevenção de diversas doenças que afectam os homens (entre elas a depressão) e os fundos recolhidos contribuem para a investigação e combate às doenças masculinas, como o cancro da próstata e o cancro dos testículos. 

 

Uma vez que falamos sobre cancro dos testículos gostava de abordar este assunto de uma forma leve falando sobre uma das formas de despistagem: o auto-exame testicular.  Em Outubro são criadas muitas campanhas para alertar as mulheres para a palpação dos seios, mas, este ano não tive a oportunidade de ver nenhuma campanha em Novembro para os homens, e no entanto elas existem.

 

Trago-vos uma imagem criada pela fisioterapeuta Susie Gronski que fala sobre o auto-exame testicular e aproveito para vos deixar aqui essa informação traduzida em português (e ligeiramente modificada por mim) para os leitores que estejam menos à vontade com o inglês:

 

Exame_testicular.jpg

 

1. A melhor altura para examinar os seus testículos é após um banho quente colocando-se em frente a um espelho. Afaste o pénis e observe os testículos um de cada vez. Use as duas mãos, com todos os dedos e polegares, para examinar cada testículo.

 

2. Familiarize-se com a sua anatomia. Em cima e posteriormente a cada testículo poderá sentir os epidídimos e os canais deferentes. Os primeiros é onde o esperma é armazenado antes de cada ejaculação sendo depois expulso no momento da ejaculação através dos canais deferentes. Poderá também sentir uma estrutura em forma de "cordão/fio" em cima de cada testículo que corresponde ao cordão espermático (contém vasos sanguíneos, nervos e os canais deferentes já mencionados).

 

3. Faça deslizar o testículo entre os seus dedos e polegar e sinta a textura. Fique atento para o caso de detectar zonas mais duras, moles, ásperas, granulosas, inchaços, dolorosas ou com a sensibilidade diminuída. Pode também observar se existem alterações de tamanho, forma ou assimetrias entre os dois testículos. Atenção: é normal um testículo ser maior do que o outro, daí a importância de realizar este exame todos os meses, para poder detectar possíveis diferenças relativamente a esta "assimetria natural".

 

4. Observe a pele que envolve os testículos, a bolsa escrotal, em busca de possíveis erupções cutâneas, alterações de cor, inchaços, verrugas ou sinais.

 

Para todos os homens que andam por aí - se és uma mulher mostra este post aos homens da tua vida!- já efectuavam este auto-exame? Vão passar a fazer? Que assuntos sobre a saúde pélvica masculina gostavam de ver abordados aqui no blog? 

 

 

Campanha feita no Reino Unido em 2014 para o combate ao cancro do testículo:

 

4 comentários

Comentar post