Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma flor de cada vez

Um, dois, três, uma flor de cada vez. Quatro, cinco, seis, era uma história de reis e rainhas.

Uma flor de cada vez

Um, dois, três, uma flor de cada vez. Quatro, cinco, seis, era uma história de reis e rainhas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

12
Out18

11 de Outubro: Dia Internacional da Rapariga

Eli

Ontem celebrou-se uma data que penso que pouca gente ouviu falar até hoje. O dia Internacional da Rapariga.

 

Nesta data, que foi instituída em 2011 pela Organização das Nações Unidas, promove-se a proteção dos direitos de todas as raparigas e adolescentes por esse mundo fora, com o objetivo de acabar com a vulnerabilidade, a discriminação e a violência direcionada para esta população.

 

Em muitos países ainda existem raparigas que são forçadas a casar, que são impedidas de estudar ou privadas dos seus direitos mais básicos (por exemplo, não podem frequentar a casa familiar durante a menstruação).

 

Encontrei este vídeo divulgado pela UNICEF portuguesa - Fundo das Nações Unidas para a Infância, em 2017, que pretende consciencializar as pessoas para se juntarem à sua causa neste e noutros dias do ano. "Quando capacitamos as meninas, podemos mudar o mundo!" 

 

 

Já em 2018, a Michelle Obama lançou a Global Girls Alliance, uma organização incluída no programa da Obama Foundation, com o objectivo de angariar fundos monetários e humanos na defesa dos direitos das raparigas. Uma iniciativa fantástica à qual vou ficar bastante atenta.

 

 

 

12 comentários

Comentar post